Como manter a ereção sem precisar de remédios e sem gastar muito! - Conversa Pra Homem

Mulheres Bem Resolvidas - Dicas e novidades para tornar a homem mais preparado

Como manter a ereção sem precisar de remédios e sem gastar muito!

Quando o assunto é dificuldade para ter uma ereção, logo vem à cabeça o Viagra como a “melhor solução”. No entanto, apesar de ser tão falada, a famosa pílula azul pode não ser essa maravilha toda que dizem por aí… Ela não funciona tão bem para todos, e os efeitos colaterais podem ser irritantes. Porém a boa notícia é que existem soluções naturais que podem ajudar a resolver esse problema. Veja neste texto como manter a ereção sem precisar de remédios!

Neste artigo você vai ver:

  • A ereção
  • Dicas de como manter a ereção sem precisar de remédios
  • Conslusão: como manter a ereção

A ereção

A ereção depende de sistemas nervosos e cardiovasculares saudáveis. Estímulos sexuais acionam o sistema nervoso para abrir as artérias do pênis, permitindo maior fluxo de sangue. Problemas neurológicos e cardiovasculares podem prejudicar esse processo.

Embora a maioria das pessoas acredite que os problemas com ereção estejam ligados a idade, a sua capacidade de desenvolver e manter uma ereção é determinada por uma ampla gama de fatores.

Felizmente, a maioria deles podem ser controlados, permitindo que você tome medidas para proteger sua ereção e evitar a disfunção erétil sem precisar usar medicação. Listamos algumas maneiras para você naturalmente melhorar suas ereções, evitar disfunção erétil e desfrutar de uma vida sexual mais livre de estresse. 

Dicas de como manter a ereção sem precisar de remédios

Risque a gordura do cardápio

Ter uma dieta rica em gordura animal (salsicha no café da manhã, pizza no almoço, hambúrgueres para o jantar) são o inferno no sistema cardiovascular. Eles enchem a corrente sanguínea com íons de oxigênio (“radicais livres”) que lesam as paredes das artérias e estimulam a formação de depósitos ricos em gordura e colesterol.

Com o tempo, as placas crescem e estreitam as artérias, restringindo o fluxo sanguíneo. Quando as placas afetam as artérias do coração, isso afeta os genitais, comprometendo ereção. Estudos mostram que, assim como os níveis de colesterol aumentam, também aumenta o risco de disfunção erétil.

Coma mais frutas e vegetais

Felizmente, os danos causados ​​pelos radicais livres podem ser evitados com nutrientes antioxidantes, principalmente as vitaminas A, C e E, e os minerais, selênio e zinco. Suplementos antioxidantes podem ajudar, mas nutricionistas afirmam que a melhor maneira de obter antioxidantes é a partir de alimentos ricos dessas substâncias: frutas, vegetais, feijões e grãos integrais. À medida que aumenta a ingestão de antioxidantes, o sangue também flui ao redor do corpo, inclusive no pênis.

Faça exercícios moderados regulares

O exercício mantém o sistema cardiovascular bombeando sangue para o pênis e é uma ótima dica de como manter a ereção. Um estudo da UCLA mostra que, à medida que a resistência física aumenta, a probabilidade de ter problemas de ereção diminui. Os especialistas recomendam o equivalente a pelo menos uma rápida caminhada diária de meia hora. Além disso, o exercício aeróbico, como correr, pedalar, remar ou praticar a maioria dos esportes, melhora a saúde do seu coração e pode reduzir os efeitos da disfunção erétil.

Perca o peso, previna o diabetes

O exercício regular e uma dieta rica em antioxidantes também é a base do controle permanente do peso e da prevenção do diabetes. Estudos realizados na Duke University Diet and Fitness Center mostram que a perda de peso está fortemente associada a uma melhor função sexual. Outros estudos mostram que o diabetes é um importante fator de risco para disfunção erétil e que um estilo de vida saudável previne a doença e pode restaurar a função erétil.

A disfunção erétil do diabetes é particularmente preocupante porque tratamentos comuns, como o Viagra, muitas vezes não são totalmente eficazes. De fato, um estudo de 1999 mostra que apenas 56% dos homens com disfunção erétil induzida por diabetes tiveram melhorias com o Viagra.

Limite o álcool

Como Shakespeare escreveu em Macbeth, o álcool “provoca o desejo, mas tira o desempenho”. Ele é um poderoso depressor. Uma bebida estimula o relaxamento, porém os nervos em seus genitais ficam engessados ​​e podem não funcionar. O álcool é a principal causa mundial de deficiência sexual.

Controle sua pressão arterial

A hipertensão arterial está intimamente ligada à disfunção erétil, possivelmente por causa dos efeitos negativos que ela pode ter sobre a saúde de seus vasos sanguíneos.

A pressão sanguínea moderadamente alta (como a pressão arterial na faixa de “pré-hipertensão”) pode ser diminuída com algumas pequenas mudanças na sua dieta e estilo de vida. Existem também numerosos medicamentos que podem reduzir sua pressão arterial e melhorar sua saúde arterial.

Verifique a testosterona

Baixos níveis de testosterona podem causar disfunção erétil. Isso acontece porque a testosterona é um dos principais hormônios envolvidos na regulação do impulso sexual masculino. Menos testosterona geralmente significa menor interesse por sexo, bem como ereções mais fracas e menos consistentes.

Os níveis de testosterona flutuam naturalmente com base em uma variedade de fatores, da sua dieta e nível de atividade aos seus hábitos de sono. Eles também diminuem com a idade. Estudos mostram uma redução progressiva nos níveis de testosterona à medida que os homens envelhecem.

Outros sintomas de baixa testosterona incluem letargia, falta de impulso mental, perda de massa muscular, ganho de gordura ao redor do abdômen e uma falta geral de interesse pela atividade sexual.

Felizmente, seus níveis de testosterona são fáceis de verificar com um simples exame de sangue. Se eles forem baixos, o seu médico poderá prescrever uma série de tratamentos para trazer os seus níveis de testosterona de volta ao normal e ajudar a evitar a disfunção hormonal.

Pare de fumar

Fumar cigarros aumenta seu risco de desenvolver disfunção erétil, pois pode danificar os vasos sanguíneos essenciais para o desenvolvimento e manutenção de uma ereção.

Isto significa que deixar de fumar pode ser uma maneira eficaz de melhorar a qualidade de suas ereções e reduzir os riscos de disfunção erétil.

Veja menos pornografia

Pesquisas do Centro Médico Naval de San Diego afirmam que o consumo regular de pornografia pode potencialmente ser uma causa de disfunção erétil.

O elo entre o consumo de pornografia e a disfunção erétil parece ser mais psicológico do que físico – resultado da novidade da pornografia e do potencial para uma escalada fácil, mudando a forma como os homens veem a atividade sexual.

Reduzir a quantidade de tempo que você gasta assistindo pornografia pode ser uma maneira potencial de resolver problemas de ereção, especialmente se você se encontrar menos interessado em atividade sexual real, como resultado de assistir a muita pornografia.

Exercícios do assoalho pélvico

Os músculos do assoalho pélvico ajudam os homens a urinar e ejacular e são a melhor dica de como manter a ereção. O fortalecimento desses músculos também pode melhorar a função erétil. Um estudo de 2010 descobriu que os exercícios do assoalho pélvico podem ajudar homens com diabetes a obter e manter ereções.

O corpo é uma engrenagem na qual tudo está conectado. Portanto, para uma coisa funcionar, outra deve ser controlada. É aqui que os músculos pubococcígeos entram em ação. Através de contrações sucessivas (cerca de 10 por 5 segundos) desses músculos, pode-se controlar a ejaculação pouco a pouco. Recomenda-se realizar o exercício por um período e aumentar o tempo e as repetições. 

Para entender melhor como esses exercícios funcionam, eu preparei um esquema de exercícios que você pode fazer na sua casa. Vou deixar o ebook aqui para você baixar e começar a praticar hoje mesmo!

Conclusão: como manter a ereção

Agora que você descobriu como manter a ereção sem precisar de remédios, é hora de agir! Algumas mudanças de hábito simples podem fazer a diferença. Coma melhor, faça mais exercícios e mantenha a bebida no mínimo. A disfunção erétil pode sinalizar um grande problema de saúde, por isso, se você estiver com esse problema, faça um check-up. No entanto, vale a pena olhar para a sua dieta e estilo de vida antes de começar a tomar medicação.

E mesmo se você estiver tomando remédios atualmente, um estilo de vida saudável e mais limpo traz inúmeros benefícios para a sua saúde física e sexual.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhuma avaliação)